Efeitos emancipatórios da participação de uma mulher em um Projeto Comunitário:

estudo de caso

Autores

DOI:

https://doi.org/10.38034/nps.v30i71.566

Palavras-chave:

Apoio social, Análise de rede social, Mulheres

Resumo

Esta pesquisa objetivou analisar os efeitos emancipatórios da participação de uma mulher em um Projeto Comunitário. Trata-se de uma pesquisa qualitativa com estudo de caso único que utilizou entrevista semiestruturada e o mapa de redes sociais significativas. A participante foi uma mulher divorciada com três filhos e que oferece serviços de marido de aluguel. A participação no Projeto Comunitário gerou processos emancipatórios que fomentaram a inclusão social mediante as oportunidades de geração de trabalho e renda, o que promoveu a construção de uma rede social significativa. O mapeamento das redes sociais significativas indicou a presença de pessoas da família, da comunidade/Projeto Comunitário, das relações de amizade e de trabalho. As funções da rede relacionam apoio emocional, ajuda material e guia cognitivo. Os resultados desta pesquisa permitem desenvolver reflexões críticas sobre os vínculos sociais provenientes da participação em um Projeto Comunitário, o que possibilita o desenvolvimento de intervenções psicossociais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcos Antônio da Silva, Universidade Tuiuti do Paraná, Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Curitiba/PR

Mestre em Psicologia - Universidade Tuiuti do Paraná

Adriano Valério dos Santos Azevêdo, Universidade Tuiuti do Paraná, Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Curitiba/PR

Docente do Programa de Pós-Graduação em Psicologia Forense – Universidade Tuiuti do Paraná.

Downloads

Publicado

2022-03-17

Como Citar

Silva, M. A. da ., & Azevêdo, A. V. dos S. (2022). Efeitos emancipatórios da participação de uma mulher em um Projeto Comunitário:: estudo de caso. Nova Perspectiva Sistêmica, 30(71), 85–105. https://doi.org/10.38034/nps.v30i71.566

Edição

Seção

Artigos