Tecendo redes, construindo pontes: atendimento a uma família migrante na clínica de famílias do Instituto Noos

Palavras-chave: Famílias em migração, Violência intrafamiliar, Interculturalidade, Abordagem colaborativo-dialógica, terapia de família

Resumo

Neste artigo compartilhamos os desafios que vivenciamos no atendimento em terapia familiar a uma família de migrantes na Clínica Social do Instituto Noos, em São Paulo. A família, de origem boliviana, era composta de mãe e seus três filhos com idades entre 7 e 11 anos. No início do processo, os quatro moravam em um centro de acolhimento sigiloso, uma vez que a mãe havia sofrido agressões e ameaças violentas do seu ex-marido, pai dos três meninos. Acolher na nossa clínica uma família de migrantes que, naquele momento, morava em abrigo sigiloso, foi uma experiência inédita para nós, que gerou muitas interrogações e demandou muita criatividade e flexibilidade para podermos estar juntos e promover a conversação em um contexto tão especial. Ao longo do processo, pudemos refletir sobre o quanto de nossas crenças e a nossa postura, inspiradas no Construcionismo Social e nas práticas colaborativas, nos instrumentalizaram para podermos desenvolver este trabalho numa situação tão nova e desafiadora. Podemos destacar a nossa disposição em nos colocar em posição de não saber, ao mesmo tempo ampliando a escuta e a nossa disponibilidade para acolhê-los em suas dores e dilemas tão singulares e tão estrangeiros para nós.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Adriana Scoz da C. Lima, Instituto Noos, São Paulo/SP

Pedadoga, certificação Internacional  em Práticas Colaborativas e Dialógicas – ICCP 2019. associada efetiva, membro do Conselho Gestor e Coordenadora do Núcleo de mediação do Instituto Noos. Atua como terapeuta de casal e família e mediadora no Instituto e no consultório.

Leonora F. Corsini, Instituto Noos, São Paulo/SP

Psicóloga, mestre em Psicologia Social e doutora em Serviço Social pela UFRJ. Pesquisadora associada ao LABTeC Laboratório Território e Comunicação da UFRJ, com dedicação aos estudos migratórios. Terapeuta de Família e Psicoterapeuta, associada efetiva do Instituto Noos, membro do Conselho Gestor e Coordenadora da Clínica Social.

Publicado
2020-04-01
Como Citar
Lima, A. S. da C., & Corsini, L. F. (2020). Tecendo redes, construindo pontes: atendimento a uma família migrante na clínica de famílias do Instituto Noos. Nova Perspectiva Sistêmica, 29(66), 36-48. https://doi.org/10.38034/nps.v29i66.564
Seção
Artigos