Mediação para idosos em situação de risco: trabalho realizado no Ministério Público

Alessandra Negrão Elias Martins, Maria Gabriela Mantaut Leifert, Mônica Lodder de Oliveira Pereira

Resumo


Este artigo apresenta o trabalho que foi desenvolvido junto ao Ministério Público do Estado de São Paulo no Foro Regional de Santo Amaro, São Paulo, SP. Pela iniciativa das Promotoras de Justiça, em 2011 é criado o Projeto de Mediação Transformativa que visa disponibilizar mediação para famílias com idosos em situação de risco, seja por abandono ou negligência de cuidados bá- sicos. A Mediação Transformativa Reflexiva é um processo conversacional onde o mediador auxilia as partes a encontrarem consensualmente solu- ções satisfatórias para seus impasses, e também tem como finalidade favorecer a transformação das pessoas envolvidas na disputa. A Mediação tem um caráter voluntário, com formato de até 5 encontros e se apresenta como uma tentativa de dar às resoluções dos familiares envolvidos no conflito mais condições de compreender e trabalhar suas diferenças em um espaço de escuta e diálogo. Após um ano de Projeto constatamos que os combinados que surgem com a intervenção da media- ção têm maior condição de se sustentar ao longo do tempo na medida em que as soluções encontradas foram construídas colaborativamente por todos os envolvidos. Em alguns casos observamos uma mudança relacional dos familiares no sentido do fortalecimento de seus laços e a capacitação dos mesmos para a resolução de suas diferenças.

Palavras-chave


mediação, família, idoso, risco, Ministério Público

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A revista Nova Perspectiva Sistêmica é publicada pelo Instituto Noos São Paulo.

É indexada pelo Clase, pelo Latindex, pela BVS-PSI, pelo PePSIC e tem conceito B3 no Qualis.

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia